TSE mantém calendário eleitoral, mas acompanha cenário da pandemia


O Brasil está a dois meses do prazo final para convenções e registro de candidaturas. O Tribunal Superior Eleitoral está em alerta mas ainda não indicou se vai mudar o calendário eleitoral.

Fato é que as executivas nacionais e regionais dos partidos não estão preparados para realizar convenções online e votação virtual de delegados para escolher seus candidatos a vereadores e prefeitos.

Em resposta à Coluna , a assessoria do Tribunal informou que “A Corte está trabalhando para a realização das eleições. Ações sobre o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) e distanciamento estão sendo avaliadas”. E lembrou que a legislação não foi alterada. Deu na Coluna do Mazinni.

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS