SMTT registra aumento no número de infrações por avanço de sinal vermelho durante isolamento social

Avançar o sinal vermelho é considerado infração gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e pode colocar vidas em risco.

O número de infrações por avanço de sinal vermelho em Aracaju cresceu durante o isolamento social no estado. A informação foi dada pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) nesta segunda-feira (8).


Segundo a autarquia, de 1º de janeiro a 16 de março, foram 3.337 autuações por avanço de sinal vermelho na capital sergipana. A partir do dia 17 de março, já com medidas de contenção da covid-19 decretadas pela Prefeitura de Aracaju e pelo Governo do Estado, até 31 de maio, foram 3.910 registros, representando um aumento de pouco mais de 17%.

“Ficamos preocupados porque, mesmo com um trânsito mais tranquilo, infelizmente, muitas pessoas aproveitam para acelerar além da conta, avançar o sinal vermelho e cometer outras infrações, o que é muito perigoso. Com menos infrações, diminui a probabilidade de ocorrerem acidentes, e aquela pessoa que iria para um leito de hospital devido a um acidente de trânsito, deixa a instalação disponível para quem está adoecendo neste momento por conta da pandemia. A população precisa se conscientizar e ter ainda mais cuidado na trânsito”, disse o superintendente da SMTT, Renato Telles. Infração Avançar o sinal vermelho é considerado infração gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O condutor que comete esta irregularidade está sujeito a pagamento de multa de R$ 293,47 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Governador diz que população não anda colaborando Na noite deste domingo (7), o governador Belivaldo Chagas destacou que apesar da ampliação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em Sergipe, a população não está colaborando e mantendo o isolamento social.

“Estamos fazendo um grande esforço para ampliar o número de leitos e intensificando as fiscalizações da PM e do Procon. Mas, infelizmente, a população não está fazendo a sua parte”, alertou o governador.

Os dados do Observatório de Sergipe, deste sábado (6), revelam que Sergipe contabilizou um isolamento social de 37,2%. O 3º menor índice do país e o pior do Nordeste. Com relação às capitais, com 39,4% das pessoas em casa, Aracaju teve a 6ª pior colocação do Brasil e a 2ª pior do Nordeste.



Por G1

mande sua sugestão, foto e vídeo para nosso whatsapp:

79 99979-2283

pesali_foto_2.jpg

William Pesali

Contato: 79 99979-2283

email: avozdosmunicipios@gmail.com

Confira nossas mídias sociais! 

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon

© Copyright 2021 -  A Voz dos Municípios