Senador Randolfe pede que Celso de Mello suspenda sigilo de vídeo de reunião citada por Moro


O senador Randolfe Rodrigues (Rede Sustentabilidade - AP) pediu nesta terça-feira (12) que o ministro do STF Celso de Mello suspenda o sigilo do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, citada em depoimento de Sérgio Moro, em que o presidente Jair Bolsonaro teria pedido a troca do chefe da superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro.


O ministro do STF decretou o sigilo temporário do vídeo encaminhado à Corte. Randolfe enviou uma petição a Celso de Mello.


O pedido do senador afirma que o "sigilo deve ser medida excepcional, apenas quando a defesa da intimidade ou o interesse social o exigirem (...), não podendo ser confundido como mero interesse pessoal de agentes públicos que se aproveitam de uma reunião para o cometimento de crimes". "Dessa forma, é imperiosa a divulgação na íntegra do citado vídeo o mais rápido possível, a fim de que a sociedade possa livremente deliberar sobre os fatos ali expostos."


Rodrigues ainda pede que, na ocorrência de possíveis outros crimes, os conteúdos devem ser divulgados para "escrutínio público, com sua posterior investigação, séria e célere". "Agentes públicos devem ser responsabilizados por seus atos, não podendo se esconder sobre o manto do sigilo para verdadeira irresponsabilidade."


Do G1

mande sua sugestão, foto e vídeo para nosso whatsapp:

79 99979-2283

pesali_foto_2.jpg

William Pesali

Contato: 79 99979-2283

email: avozdosmunicipios@gmail.com

Confira nossas mídias sociais! 

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon

© Copyright 2021 -  A Voz dos Municípios