Procon realiza fiscalização em postos de combustível de Aracaju

Objetivo é analisar a qualidade e quantidade dos combustíveis vendidos para o consumidor.

Nesta terça-feira (17), o Procon Sergipe, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS) fiscalizaram alguns postos de combustível para analisar a qualidade e quantidade dos combustíveis vendidos para o consumidor.


“Nosso papel fundamental é garantir que o consumidor esteja comprando um produto de qualidade com as especificações e quantidade corretas. Convidamos o ITPS e a ANP, sendo que o primeiro verificou a quantidade e o segundo a qualidade. Juntando essas duas informações, nós geramos um relatório para informar se os postos fiscalizados estão de acordo com as normas”, disse Raquel Martins, diretora estadual do Procon.


O especialista em regulação de combustíveis da ANP, Augusto Reis, explicou que normalmente na adulteração da gasolina é comum o uso do etanol. “A gasolina tem que ter 27% de etanol anidro, mas ela já vem assim da distribuidora para o posto. O teste é simples para confirmar se o percentual de etanol está de acordo com a legislação.


Primeiro é realizada uma inspeção visual na bomba para verificar se existe algum bico queimado ou algum tipo de vazamento, depois é realizada a vazão”, explicou.

Até o final da manhã, nenhum posto havia sido flagrado com qualquer tipo de comercialização fora das normas permitidas.



Por G1

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS