Presidente do Confiança chama arbitragem de incompetente no Twitter

Hyago França diz que time vai entrar com representação contra árbitro e bandeira da partida

A derrota do Confiança para o Juventude por 3 a 1, nesta terça-feira (8), pela 9ª rodada da Série B do Brasileiro, vai repercutir muito durante a semana. E já começou com o presidente do clube, Hyago França, que fez uso das redes sociais para criticar a arbitragem de três jogos do time.


O Dragão de Aracaju foi para o intervalo vencendo a partida por 1 a 0, voltou para a segunda etapa melhor, mas as mudanças do técnico Pintado, do Juventude, surtiram efeito e o time de Caxias do Sul virou o jogo.


Narrando dessa forma, tudo parece normal, mas o time sergipano sofreu dois gols marcados de forma irregular. No primeiro deles, que empatou a partida, o atacante Breno Lopes estava impedido, já no terceiro gol do time do Sul, o pênalti não existiu.


Furioso, o presidente Hyago França expôs outros jogos em que, para ele, o time foi prejudicado na competição nacional.


“Contra o Paraná pênalti não marcado ao nosso favor, contra o Cruzeiro pênalti não marcado ao nosso favor e agora 2 gols de forma escandalosa? Até quando @cbf teremos esses “incompetentes” apitando?”, disse Hyago.


Ele ainda afirmou que o clube entrará nesta quarta-feira (9) com uma representação contra o árbitro árbitro Leonardo Ferreira Lima e o assistente João Fábio Machado Brischiliari. “Cobramos uma punição da CBF, para essa arbitragem e que venham árbitros dignos da Série B!”, escreveu em outra publicação.


Hyago também criticou a posição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que não adiou o jogo, tendo em vista que o time proletário estava com sete desfalques por causa da Covid-19.




Por F5

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS