Praias e resorts são apostas das agências para reaquecer turismo em SE

Destinos ao ar livre nacionais e internacionais têm recebido procura acentuada


Um dos setores que mais sofreu com a interrupção de suas atividades por causa da pandemia da covid-19, foi o das agências de viagens e operadoras de turismo. Ouvidos peloF5 News, alguns representantes do segmento em Sergipe afirmaram não ser possível ainda mensurar o prejuízo, mas que ele é grande.


Após a retomada do serviço, previsto na cor laranja do Plano de Retomada da Economia, do Governo Estadual, os estabelecimentos já trabalham nas adequações previstas nas recomendações sanitárias, com a perspectiva de abrir para o público o quanto antes.


Segundo um dos diretores da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav), Alberto Balbino, ainda não há como reunir informações para dimensionar a perda com as agências de portas fechadas, mas ele prevê um segundo semestre complicado para o setor. 


“Vai ser difícil porque as pessoas vão estar temerosas, mesmo com o controle ou com um provável achatamento da curva, e isso nos deixa muito cautelosos. É a mesma coisa de você realizar um projeto amedrontado, não há prazer. Imagina você fazer uma viagem com medo, isso não dá certo”, afirmou Alberto.


Ainda conforme o diretor, é certo que no ano aconteçam vendas para pontos turísticos, mesmo assim a previsão aponta para uma queda significativa. “Se considerarmos o segundo semestre de 2019 em 100% de vendas, podemos acreditar que neste ano teremos uma queda de 50%, talvez 60%”, prevê.


De acordo com a sócia e gerente comercial da Nossa Agência de Viagens, Cris Viana, durante o período de portas fechadas, os atendimentos seguiram online e serão retomados presencialmente na próxima segunda-feira (6), com previsão de um comportamento fora do comum por causa do receio gerado pela covid-19. “A gente vem percebendo que há uma demanda reprimida, as pessoas estão há muito tempo em casa”, disse.


Ainda segundo ela, atividades ao ar livre como praias, resorts, destinos de ecoturismo estão sendo muito procurados, e devem ser a aposta para o segundo semestre. “A gente acredita nessa demanda para destinos mais próximos, quando falamos do destino internacional, no máximo, um Cancún, o restante será por aqui, até porque as pessoas querem evitar aglomerações”, disse a gerente comercial.


Entre os destinos que já vêm sendo procurados estão os resorts da Linha Verde na Bahia, que têm demonstrado, segundo Cris Viana, uma boa preparação nas medidas de distanciamento social e práticas de higienização. As praias do Forte (BA), Porto de Galinha (PE) e Muro Alto (PE) também já estão na mira dos turistas.


"Acredito nesse aquecimento interno, em locais abertos e cidades de praia; qualquer outro tipo de turismo deve ser esquecido no momento", reforçou Alberto Balbino.


Turismo rodoviário

Ainda de acordo com o representante da Abav, o turismo rodoviário pode ter um crescimento por causa da readequação dos voos aéreos, que é mais lento. “O turismo aéreo vai ser mais sentido, porque depende de ‘n’ fatores, como por exemplo, as tarifas. Para que a gente possa chamar a sociedade para o setor, precisamos readequar os preços, esse será um fator preponderante. É ele que incentivará o cliente para realizar viagens”, afirmou.


Ainda está tudo em base de análises, não há nada concreto. O setor deve ser diferenciado para que possa retomar a sua produtividade. Além do preço da tarifa e a negociação, novos produtos devem ser implementados visando obter receita.


Até mesmo por isso, a expectativa é que no ano de 2021, com promoções no setor, o mercado seja reaquecido completamente. De acordo com os representantes do segmento turístico entrevistados, é nessa época em que devem existir pacotes atrativos para aquelas pessoas que consigam se planejar, as fazendo encontrar preços baixos e grandes oportunidades.


f5news

mande sua sugestão, foto e vídeo para nosso whatsapp:

79 99979-2283

pesali_foto_2.jpg

William Pesali

Contato: 79 99979-2283

email: avozdosmunicipios@gmail.com

Confira nossas mídias sociais! 

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon

© Copyright 2021 -  A Voz dos Municípios