Policial militar da reserva morre após complicações da Covid-19

O capitão da Reserva Remunerada Gilson Luiz Santos, 67 anos, morreu após complicações da Covid-19, na madrugada dessa quarta-feira, 24, no Hospital de Cirurgia, onde se encontrava internado para tratamento desde o último dia 8 de junho. Familiares confirmaram que ele foi diagnosticado com a Covid-19 no dia 11 de junho, após realização dos exames. Ele tinha diabetes e hipertensão.

O policial militar QOAPM ingressou na Corporação em 1974 e após breve aposentadoria retornou ao serviço por meio do Batalhão Especial de Segurança Patrimonial (BESP), ocupando o cargo de comandante da 2ª Companhia. Durante a sua carreira, o oficial se destacou exercendo a função de Delegado de Polícia em diversos municípios de Sergipe.


O corpo do capitão RR Gilson Luiz será sepultado ainda na manhã desta quarta-feira, 24, no cemitério da Cruz Vermelha, em Aracaju. O militar partiu deixando esposa, quatro filhos e dois netos. Em nota de pesar, a Polícia Militar do Estado de Sergipe lamentou profundamente o falecimento do do capitão.


a8se


instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS