“Podem me tirar da disputa, mas não da eleição”, diz Gilmar

Recentemente, por seis votos a zero, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral indeferiu pedido do deputado estadual Gilmar Carvalho, que pleiteou autorização judicial para deixar o PSC.

“Respeito a decisão dos magistrados, que decidiram conforme seu convencimento, mas recorrerei ao TSE na esperança de poder deixar o partido sem risco de perda de mandato. Sei que meio mundo da classe política se sentiu aliviado com a possibilidade de não podermos disputar a eleição deste ano”, disse Gilmar a NE Notícias.“Podem me tirar da disputa, mas não da eleição”, disse o parlamentar, ressaltando que a declaração refere-se apenas a adversários políticos e a alguns pré-candidatos.“Brizola nos ensinou a não tomar decisão política durante o Carnaval. Vou ouvir, ouvir muito, mas não ficarei fora dessa eleição”, complementou o deputado.

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS