PF faz operação contra fraudes na previdência; desvios chegam a R$ 13 mi

A Polícia Federal realiza uma operação de busca e apreensão em 20 endereços em São Paulo e em Minas Gerais contra fraudes na saúde e na previdência. Peritos estariam recebendo propina para declarar pessoas saudáveis como incapazes para o trabalho.

Chamada de Operação Revide, a ação investiga fraudes em benefícios por incapacidade, como auxílios por incapacidade temporária e aposentadorias por incapacidade permanente, concedidos por uma organização criminosa composta por médicos, advogados e intermediários.


Foram expedidos 23 mandados de busca e apreensão em São Paulo capital, Guarulhos, Caieiras e em Poços de Caldas (MG), além de medidas restritivas de direitos para impedir que os criminosos continuem a cometer fraudes. Inicialmente, a PF apurou que as fraudes provocaram desvios de mais de R$ 13 milhões. Com a operação de hoje, o órgão estima que evitará um prejuízo de mais de R$ 27 milhões aos cofres públicos.

por uol

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS