Operação da Lava Jato mira Horacio Cartes, ex-presidente do Paraguai

Cartes tem mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Marcelo Bretas. Agentes buscam pessoas envolvidas em crimes do doleiro Dario Messer

A Lava Jato do Rio de Janeiro cumpre mandados na manhã desta terça-feira 19 em um desdobramento da Operação Câmbio, Desligo. Segundo informações da Globo News, um dos alvos da ação é o ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes, que tem um mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Marcelo Bretas.

Ao menos uma pessoa já foi presa nesta manhã: o doleiro Najun Azario Flato Turner. Os suspeitos são acusados de terem ajudado Dario Messer – o “doleiro dos doleiros”, preso em julho – de ocultar patrimônio e fugir.

Horacio Cartes foi presidente do Paraguai entre 2013 e 2018. Além da política, é empresário da indústria de tabaco e marcou época como presidente do Club Libertad, um dos principais times do futebol paraguaio.


instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS