Muse e Imagine Dragons fecham Rock in Rio 2019 com duas atrações principais neste domingo

Noite de rock com dois co-headliners encerra os sete dias de Rock in Rio. Palco Mundo também tem Nickelback e Paralamas. Sunset tem King Crimson;

Tem encerramento com dose dupla neste domingo (6), último dos sete dias de Rock in Rio 2019. A noite tem duas atrações principais, ou "co-headliners": Muse e Imagine Dragons. O trio inglês faz o último show, mas o quarteto americano também chega em alta para o penúltimo.


Siga o Rock in Rio ao vivo


0h40 - Muse


O trio inglês é do tipo que cresce no palco. Eles estão acostumados com megashows para multidões na Europa e nos festivais brasileiros também. O rock de arena deles puxa para o indie em “Plug in baby” e para o progressivo, em “Take a bow”. Mas tem sempre aquele ar imponente, tipo em “Uprising”. Essa turnê capricha em figurinos e adereços e tem muitas músicas do disco “Simulation theory”, de 2018.

22h20 - Imagine Dragons


O Imagine Dragons é o caçula da última noite de Rock in Rio, mas já tem mais de dez anos de carreira. A banda de Las Vegas faz rock de arena bem sério, com jeitão messiânico e referências ao rap e ao blues. Hoje, a banda liderada pelo quase sempre descamisado Dan Reynolds é o artista de rock mais ouvido nos serviços de streaming. E parte da força deles está nos versos motivacionais de “Radioactive”, “Demons” e “Believer”.

20h10 - Nickelback

No único dia de Rock in Rio com dois headliners, a banda mais tocada em rádios brasileiras não é o Muse, nem o Imagine Dragons. É difícil competir com a popularidade do Nickelback e seus mais de 50 milhões de álbuns vendidos.O pós-grunge romântico da banda canadense já foi ouvido no Rock in Rio em 2013. E foi muito bem recebido. Era impressionante a quantidade de casais e de garotas chorando pelo quarteto.

18h - Os Paralamas do Sucesso


Os Paralamas já são íntimos do Rock in Rio, desde os novinhos tocando “Óculos” em 1985 até os veteranos fazendo um show didático sobre a carreira em 2015. Agora eles voltam com a turnê do disco “Sinais do sim”. O sucesso hoje não é como antes, mas a banda tem repertório de sobra para abrir bem uma noite de pop rock no Rock in Rio. Esse disco novo tem letras políticas, e o Herbert Vianna costuma fazer comentários sobre o Brasil, então não é difícil ter gritos sociais além dos musicais.

00:00/01:28

E no Palco Sunset?

21h15 - King Crimson


É difícil de acreditar, mas a banda britânica de rock progressivo formada em 1968 vem ao Brasil pela primeira vez em sua carreira. Com diversas mudanças de membros e pausas ao longo dos anos, o King Crimson chega ao país com sete membros, nenhum deles da formação original. Mesmo assim, o grupo que influenciou nomes como Yes e Genesis fecha a programação do palco Sunset com seu som com longos instrumentais que misturam rock com jazz e músicas clássica e experimental.

00:00/01:05

Palco Mundo


0h40 - Muse22h20

- Imagine Dragons20h10

- Nickelback18h

- Os Paralamas do Sucesso

Palco Sunset


21h15 - King Crimson19h05

- Lulu Santos & Silva16h55

- Melim & Carolina Deslandes15h30

- O Terno & Capitão Fausto


New Dance Order (Palco eletrônico)


2h30 - Claptone

1h30 - Gabe

0h30- Flow & Zeo feat. Mari

-Anna22h30

- Dennis Ferrer21h30

- Fractall & Rocksted 20h30

- Kolombo19h

- Chemical Surf

- 18h - Nepal

17h BLANCAh

- 16H MAZ


Espaço Favela


21h40 - Nós do Morro

20h10 - Delacruz & Maria

18h40 - Xamã

17h30- Nós do Morro

16h - Tuany Zanini

14h50 - Nós do Morro


Palco Supernova


19h30 - Lagum

18h30 - Selvagens à procura de Lei

17h30 - Zimbra

16h30 - André Prando

15h30 - Folks

Por: g1

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS