MP pede que polícia investigue festa que teria ocorrido neste fim de semana na Crôa do Goré

O decreto estadual de combate ao novo coronavírus proíbe a realização de eventos que provoquem aglomerações. A SSP informou que o material já foi encaminhado e será avaliado.

A promotora de Justiça da Comarca de São Cristóvão, Rosane Gonçalves dos Santos, solicitou à 6ª Delegacia Metropolitana, em São Cristóvão, que instaure um procedimento para investigar uma festa que teria ocorrido neste fim de semana na Croa do Goré. As informações foram confirmadas pelo Ministério Público Estadual. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o material já foi encaminhado à Polícia Civil e será avaliado.


O decreto de combate ao novo coronavírus proíbe a realização de eventos que provoquem aglomerações. Em todo o estado, mais de 980 pessoas morreram e mais de 37,6 mil testaram positivo para a Covid-19.

Os vídeos que circulam pelas redes sociais mostram um grupo de pessoas chegando em uma embarcação e um outro grupo já na areia da praia. A maioria aparece sem máscara.

No documento, a promotora ainda pede que seja verificada a localização exata do evento, já que o noticiante do fato informa que teria ocorrido em São Cristóvão, mas a Croa do Goré pertence a Aracaju.


Por G1

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS