Investigação sobre licitação das feiras

O que está escrito a seguir não é nenhuma denúncia de A voz Notícias, e o mesmo espaço, ou até maior, está reservado para a empresa, Emsurb e Prefeitura de Aracaju.

O jornalista Habacuque Villacorte publicou em sua coluna no FAX AJU publicou denúncia que DEVE SER INVESTIGADA.


Segundo ele, uma empresa inscrita no dia 29 de maio, menos de quatro meses depois, venceu licitação e “sublocou” para os mesmos empresários de antes:

Alô MPE! Este colunista chama a atenção da promotora Euza Missano e dos demais membros do MPE: a empresa LOCAZIL LOCAÇÕES E SERVIÇOS LTDA, que venceu a segunda licitação referente à concessão de serviço público para a organização e infraestrutura de comercialização dos cinco lotes de feiras livres de Aracaju, foi criada no final de Maio desse ano, ou seja, praticamente em cima do primeiro processo licitatório, que findou sendo anulado A informação é que seu proprietário é um “velho conhecido” do sistema que vai “sublocar” as feiras para os mesmos empresários que já estão explorando os espaços da cidade atualmente e com uma diferença: vão passar a cobrar um valor ainda maior aos feirantes. Ficou quase tudo como antes. Só tiraram quem não fazia parte do agrupament.



Por NE

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS