IFS concederá auxílio emergencial de inclusão digital para estudantes

Ele terá vigência só enquanto durarem as medidas restritivas geradas pela pandemia.


Os estudantes do Instituto Federal de Sergipe (IFS) que estão sem acesso à Internet, durante a suspensão do calendário acadêmico pós-pandemia da Covid-19, vão receber da instituição o auxílio emergencial de inclusão digital no valor de R$ 60. Ele terá vigência só enquanto durarem as medidas restritivas geradas pela pandemia.

“Esse é um movimento muito importante do instituto, que mobilizou esforços para liberar de forma mais rápida esse recurso da assistência estudantil para aqueles com uma condição social menos favorecida e assim mantê-los ocupados e produtivos num momento tão difícil”, disse o pró-reitor de Ensino, Alysson Santos Barreto.

O benefício é para que os alunos em condição de vulnerabilidade social possam acessar o atendimento remoto nas áreas de ensino e assistência estudantil, os comunicados acadêmicos e todas as facilidades da internet: cursos, livros, videoaulas, cultura, lazer e entretenimento.

A equipe multidisciplinar do IFS fará o levantamento nos nove campi, com o apoio dos coordenadores de curso, como consta na Resolução 09/2020. Será verificado o número de acessos ao banco de dados do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) durante a quarentena. Os que tiverem baixo número ou nenhum acesso ao SIGAA e se encaixarem nos critérios exigidos na resolução serão contemplados. Entre os critérios estão: ter renda per capita de até um salário mínimo e meio; estar devidamente matriculado no período letivo 2020; e declarar não ter acesso a meios que promovam sua inclusão digital.

Estudantes que possuem algum tipo de acesso à internet, mas se enquadram nas condições estabelecidas pela resolução, poderão enviar os dados pela caixa postal do SIGAA para o coordenador do curso no qual está matriculado.

Por G1

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS