Grupo de sergipanos é barrado na Argentina por causa do coronavírus

Medida se deve ao fato de diversos países sul-americanos terem fechado as fronteiras temporariamente.

Após um passeio de 22 dias pelo Atacama, no Chile, um grupo de motociclistas formado por oito sergipanos ficou retido na Argentina quando tentava retornar para o Brasil. A medida se deve ao fato de diversos países sul-americanos terem fechado as fronteiras temporariamente com o objetivo para reduzir os riscos da pandemia de coronavírus.


De acordo com um dos motociclistas, eles ficaram em um posto policial por horas, porque não estavam permitindo a passagem de estrangeiros com medo da doença se espalhar.

Eles contaram que só foram liberados com a ajuda do Consulado Brasileiro e ainda foram escoltados por cerca de 50 quilômetros. Só no início da noite chegaram a Foz do Iguaçu, no Paraná, já no lado brasileiro.




Por G1

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS