Governo e PMA não vão reabrir salões, academias e barbearias

O Governo do Estado e a Prefeitura de Aracaju anunciaram que não vão acatar o decreto do presidente Jair Bolsonaro, que incluiu academias, salões de beleza e barbearias, na lista de atividades essenciais. Isso quer dizer que Estado e PMA não vão permitir a reabertura destas atividades comerciais.


Em nota, o governo do Estado de Sergipe informou que, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal, a fixação das atividades essenciais e medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavirus, em especial a abrangência da quarentena de serviços e distanciamento social, compete aos Estados, de forma que, mesmo diante do Decreto Federal do último dia 11 de maio, continua vedado o funcionamento de salão de beleza, barbearia e academias, por força do Decreto Estadual 40.567, de 24 de março de 2020.


O governo disse ainda, que o critério de fechamento tem fundamento exclusivamente técnico por impactar em atividade de alto risco de propagação epidemiológica, optando o Estado de Sergipe em salvar vidas para, depois, executar plano de flexibilização ao isolamento social.


A Prefeitura de Aracaju seguiu o mesmo caminho e disse que, embasada em dados científicos, mantém as medidas de distanciamento social, adotadas por meio de decretos, as quais são fundamentais para evitar a propagação da covid-19 na capital sergipana. Com isso, não há, no momento, a possibilidade de relaxamento das medidas já estabelecidas, de fechamento do comércio e das atividades não essenciais, que estão prorrogas até o dia 18 de maio e alinhadas ao decreto do governo do Estado.


“O surgimento de novos casos nos mostra o crescimento da epidemia na cidade. Por isso se torna necessária a manutenção das medidas de distanciamento social, que as pessoas fiquem em casa e evitem aglomerações. Prorrogamos o decreto até o dia 18 e intensificamos a fiscalização para evitar aglomerações”, enfatiza o prefeito Edvaldo Nogueira.

Com informações da ASN e PMA

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS