Gasolina e Diesel: Nordeste registra preços mais altos

Com leve alta, de 0,78%, o diesel, que em maio foi vendido a R$ 3,210, chegou a ser comercializado ao valor médio de R$ 3,235, em junho

A região Nordeste encerrou junho com um aumento no valor dos combustíveis, de acordo com o último Índice de Preços Ticket Log (IPTL). A gasolina acompanhou o comportamento de outras regiões e registrou um aumento de 4,19%, e foi encontrada nas bombas por R$ 4,179 o litro. Com leve alta, de 0,78%, o diesel, que em maio foi vendido a R$ 3,210, chegou a ser comercializado ao valor médio de R$ 3,235, em junho. Embora com recuo em alguns Estados, o etanol também avançou na média geral da região.


O combustível foi vendido nos postos nordestinos por R$ 3,439, um incremento de 2,20%. “Os preços apontados pelo IPTL em junho no Nordeste seguem a curva das demais regiões. Todos os Estados apresentaram alta no preço do diesel e da gasolina – a exceção foi o etanol, que ainda mostrou alguns pontos de recuo nos preços. Foi o primeiro mês do ano a apresentar alta, e acompanharemos esse cenário para entender como essa curva seguirá daqui para frente”, analisa o head de Mercado Urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina. O IPTL também apresenta o comportamento dos preços em todos os Estados do Nordeste. O Piauí lidera o ranking das maiores médias para a gasolina, com o litro a R$ 4,417, um aumento de 3,9% em relação a maio. O Estado também apresenta o maior valor para o diesel, comercializado em junho por R$ 3,366. Já no Rio Grande do Norte, os motoristas encontraram o diesel mais barato da região, por R$ 3,074. A Paraíba comercializou em junho a gasolina mais barata do Nordeste, com o litro vendido a R$ 3,922. A Bahia teve o segundo maior aumento para a gasolina, 6,5%, seguida por Pernambuco, com 5,9% de alta no litro. O Maranhão, que em maio não registrou quantidade significativa de consumo do etanol para análise, apresentou o maior preço para o combustível em junho, quando foi comercializado por R$ 3,699. A versão mais barata do etanol foi vendida na Paraíba, ao valor médio de R$ 3,156, um recuo de 0,7% em relação a maio. Outro Estado que apresentou recuo no etanol foi Alagoas, com o litro do combustível 2,4% mais barato. No Ceará e em Sergipe, a alta foi de 0,2% no etanol.


Ainda de acordo com o estudo realizado pela Ticket Log, os preços em junho demonstram que, embora existam perfis diferentes para cada veículo, foi mais vantajoso financeiramente abastecer com gasolina em todos os Estados do Nordeste. O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: um milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo.



Por Jc

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS