Fábrica de calçados demite 250 funcionários em Simão Dias

A fábrica da Dakota situada no município de Simão Dias, no Centro-Sul Sergipano, demitiu 254 funcionários nas últimas semanas em razão da crise provocada pela pandemia da Covid-19. A primeira remessa de demitidos ocorreu no dia 20 de março, quando 150 profissionais foram desligados da empresa. Na última semana, outros 104 funcionários foram demitidos.

Diretores da fábrica do ramo de calçados, em conversa com os gestores do município de Simão Dias, alegaram que a empresa tem enfrentado dificuldades nesse cenário econômico, mas teriam se comprometido a recontratar os mesmos 254 profissionais quando a situação se normalizar. “Esse compromisso ocorreu em uma conversa entre o prefeito Marival (de Simão Dias) e diretores da empresa, que sempre mantiveram uma relação cordial”, explica Plínio Elkson, que é chefe de gabinete da Prefeitura do Município.


De acordo com Plínio, a Dakota é uma empresa de 42 anos de trajetória e só na unidade de Simão Dias, atualmente, mantém cerca de mil funcionários em seu quadro. “É a maior fábrica em quantidade de funcionários aqui da região, e desde que chegou ao município tem sido muito importante na economia local”, afirma Plínio.

Nossa reportagem não conseguiu identificar o contato de representantes da empresa para mais informações.





Por Ícaro Novaes

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS