Covid-19: moradores em situação de rua terão acolhimento social

Mais de 100 moradores em situação de rua da capital foram conduzidos para pontos de acolhimento delimitados pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Segundo a Assessoria de Comunicação da Secretaria, o convite é realizado aos moradores e eles de forma espontânea decidem ou não se desejam ir. As equipes atuam de forma itinerante, explicando o projeto, além de ofertar ações e cuidados de saúde para a população em situação de rua.

“O nosso desejo é evitar o avanço do contágio do novo coronavírus (Covid-19). Essas pessoas já passam por inúmeros fatores de vulnerabilidade, nós queremos nesse momento acolhê-las”, destaca a Comunicação da Secretaria. Ainda segundo ela, cerca de 140 moradores em situação de rua já foram alocados em dois pontos de acolhimento, no estádio Sabino Ribeiro e numa escola municipal.


“Nessa primeira fase de acolhimento nós estamos priorizando os idosos, famílias e gestantes”, destaca a pasta da Assistência Social. Assim que eles são acolhidos, eles recebem imediatamente alimentação e produtos de higiene pessoal. “Nós também temos uma grande equipe formada por educadores, psicólogos e assistentes sociais”, destaca.


Ainda segundo a Secretaria, já há uma catalogação de algumas famílias que estão sem situação de rua. “Nós temos um projeto social voltado para um acolhimento semelhante a este. Nesse caso, vamos a alguns pontos específicos onde ele costumam ficar essas pessoas em situação de rua e fazemos o convite”, pontua.


Por infonet

mande sua sugestão, foto e vídeo para nosso whatsapp:

79 99979-2283

pesali_foto_2.jpg

William Pesali

Contato: 79 99979-2283

email: avozdosmunicipios@gmail.com

Confira nossas mídias sociais! 

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon

© Copyright 2021 -  A Voz dos Municípios