Caso Miguel: Mulher é indiciada por abandono de incapaz com resultado morte

O inquérito que apurou a morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva, 5, que caiu do 9º andar de um prédio em Recife, foi concluído hoje, e a Polícia Civil de Pernambuco indiciou Sari Mariana Gaspar Corte Real, a ex-patroa da mãe do menino, pelo crime de abandono de incapaz com resultado morte. Em caso de condenação, o crime prevê de quatro a 12 anos de prisão.

O resultado foi divulgado na tarde de hoje pelo delegado Ramon Teixeira, da delegacia de Santo Amaro, responsável pelas investigações. O delegado informou que os trabalhos investigativos chegaram à conclusão de que Sari Corte Real cometeu o crime porque permitiu que Miguel ficasse sozinho no elevador e esse fato resultou na morte do menino.


Por Uol

mande sua sugestão, foto e vídeo para nosso whatsapp:

79 99979-2283

pesali_foto_2.jpg

William Pesali

Contato: 79 99979-2283

email: avozdosmunicipios@gmail.com

Confira nossas mídias sociais! 

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon

© Copyright 2021 -  A Voz dos Municípios