Carreata pede reabertura do comércio

O presidente da CDL Aracaju, Breno Barreto, afirma que não concorda com este tipo de manifestação

Dezenas de veículos saíram em direção à Praia Formosa na tarde desta sexta-feira, 27, pedindo a reabertura do comércio (fechado após decreto do Governo do Estado, como medida para conter o avanço do Coronavírus na capital).


Procurado pelo JORNAL DA CIDADE, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Aracaju), Breno Barreto, disse que o ato é de um pequeno grupo de empresários e que, apesar de sensibilizado, não concorda com este tipo de manifestação, já que está conversando com a Prefeitura de Aracaju e com o Governo de Sergipe sobre o assunto.

Após a realização do ato, O Ministério Público ajuizou uma Ação para que o Estado e Municípiode Aracaju não permitam aglomerações ou carreatas.


Por sua vez, através da Ação do MP/SE, o Tribunal de Justiça de Sergipe determinou que Estado e Prefeitura de Aracaju não permitam qualquer forma de aglomeração através de eventos, reuniões de qualquer natureza, carreatas, passeatas e/ou atos de concentração de pessoas, no município de Aracaju e nas cidades do interior do Estado de Sergipe.


O descumprimento da determinação do TJ/SE, está sob pena de multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) a ser revertido para o Fundo Municipal de Defesa do Consumidor — FUNDECOM.





Redação do Jornal da Cidade

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS