Carreata em Aracaju; R$ 5 mil de fiança

Os manifestantes presos após descumprimento de Decreto Estadual, que recomenda o isolamento social e proíbe a aglomeração de pessoas, serão responsabilizados e deverão pagar multa.

Os organizadores de carreata em apoio ao presidente Jair Bolsonaro foram conduzidos à 1ª Delegacia Metropolitana, onde foram autuados em flagrante.


O Ministério Público conseguiu liminar na Justiça, nos autos da Ação Civil Pública ajuizada em 27 de março, para que o Estado de Sergipe e o Município de Aracaju não permitissem qualquer forma de eventos, reuniões, carreatas ou atos de concentração de pessoas, para evitar a contaminação da Covid-19.


A Justiça frisou que tais eventos estão proibidos enquanto perdurarem as medidas restritivas à formação de aglomeração de pessoas, impostas pelo Governo do Estado de Sergipe e pelo Governo Municipal de Aracaju, sob pena de multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).



Por Ne

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS