Caixa vai destinar crédito de R$7,5 bi para MEI e pequenas empresas

Em meio a pandemia do novo coronavírus, diversos auxílios emergenciais estão sendo liberados. Entre eles, a Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (20) mais uma nova facilidade.

Os microempreendedores individuais (MEI) de todo o país poderão obter uma linha de crédito especial destinada para estas micro e pequenas empresas. De acordo com o banco, a expectativa é de que possa ser emprestados R$ 7,5 bilhões.


Apenas empresas com faturamento de até R$ 4,8 milhões por ano podem solicitar o benefício. Crédito estará disponível nas agências a partir de quarta-feira (22), mas os interessados já podem acessar o site da Caixa para realizar cadastro.

Existem alguns critérios que impedem de receber o benefício, como aqueles empreendedores que estão negativados. Os mesmos não terão acesso a esta linha de crédito.


Para ter acesso ao benefício, é importante que o interessado atenda condições especiais. Todo o processo será feito em com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Desta forma, vale considerar estes pontos para atender os critérios:

MEI:

  • valor máximo de crédito de até R$ 12,5 mil por CNPJ;

  • nove meses de carência;

  • 24 meses para pagamento após esse prazo de carência;

  • taxa de juros de 1,59% ao mês.

  • valor máximo de R$ 75 mil de crédito por CNPJ;

  • 12 meses de carência;

  • 30 meses para pagamento após esse prazo de carência;

  • Taxa de juros de 1,39% ao mês.

Pequenas empresas

  • valor máximo de R$ 125 mil de crédito por CNPJ;

  • 12 meses de carência;

  • 36 meses para pagamento após esse prazo de carência;

  • taxa de juros de 1,19% ao mês.


Este público, por sua vez, já tinha identificado que havia dificuldades no governo para que tivessem acesso à linhas de crédito.

Analisando este ponto, Caixa detalha que linha lançada terá garantias complementares que serão concedidas pelo Sebrae por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe).

Apesar de ter estipulado R$ 7,5 bilhões, Sebrae informou que as garantias do Fampe, no valor de R$ 1 bilhão, permitirão alavancar até R$ 12 bilhões em empréstimos. O mesmo é dito pela Caixa que pode chegar ao mesmo valor.



Por Fdr

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS