Cada vez mais ativos, idosos buscam inclusão digital

De uns tempos pra cá, os idosos estão cada vez mais interessados em aprender a mexer nos celulares. Por isso está cada vez mais comum encontrar workshops gratuitos oferecidos pelas operadoras destinados a esse público.

Em cinco anos, o número de pessoas com mais de 60 anos, no Brasil, que usam smartphones saltou de 25 milhões para 30 milhões

O objetivo é ensinar o público 60+ desde os conceitos básicos de smartphones até o uso de redes sociais, aplicativos, edições de foto e vídeo.


Maria Clara (61) conta como está sendo seu primeiro contato com o mundo virtual. “Eu achei ótimo, eu mal sabia tirar uma foto. Agora aprendi a tirar sozinha.”


É claro que é sempre bom que os idosos participem de workshops, mas darei o exemplo da minha avó, dona Marília, que aprendeu tudo sozinha. O meu primo Otávio, mais novo, passou algumas coisas para ela.


“Olha, eu tinha um celular que fazia apenas o básico. Quando eu ganhei esse celular melhor, eu vi meus filhos mexendo e fiquei com vontade. Meu neto, que na época morava comigo, acabou me ajudando”, explicou Marília.


No dia a dia, ela aprendeu a usar os aplicativos de banco, procurar endereços e marcar consultas médicas. “Eu uso o celular para tudo”, completa. Ela também sabe chamar aplicativos de transporte e segue toda a família nas redes sociais.


Em cinco anos, o número de pessoas com mais de 60 anos, no Brasil, que usam smartphones saltou de 25 para 30 milhões.


Sobre o workshop, os interessados podem se inscrever na própria loja ou no site da Vivo.


*Com informações do repórter Victor Moraes

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS