Bolsonaro e ministros militares: Forças Armadas não aceitam julgamentos políticos

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, decidiu que as Forças Armadas têm poder limitado.

Em reação imediata, o presidente da República, Jair Bolsonaro, e ministros militares assinaram a seguinte nots:

Lembro à Nação Brasileira que as Forças Armadas estão sob a autoridade suprema do Presidente da República, de acordo com o Art. 142/CF. – As mesmas destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem. – As FFAA do Brasil não cumprem ordens absurdas, como p. ex. a tomada de Poder. Também não aceitam tentativas de tomada de Poder por outro Poder da República, ao arrepio das Leis, ou por conta de julgamentos políticos. – Na liminar de hoje, o Sr. Min. Luiz Fux, do STF, bem reconhece o papel e a história das FFAA sempre ao lado da Democracia e da Liberdade. – Presidente Jair Bolsonaro. – Gen. Hamilton Mourão, Vice-presidente da República – Gen. Fernando Azevedo, Ministro da Defesa

Ne notícias

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS