Sexta, 12 de Julho de 2024
79 99979-2283
Brasil Violência

Pré-candidata a vereadora e filho são executados a tiros no RJ

Juliana Lira pretendia disputar o cargo de vereadora de Nova Iguaçu

17/06/2024 07h46
Por: a voz dos municípios Fonte: Pleno News
Pré-candidata a vereadora e filho são executados a tiros no RJ

Juliana Lira de Souza Silva, conhecida como Nega Juh, foi morta juntamente com seu filho na noite deste sábado (15) em Nova Iguaçu. Ela era pré-candidata a vereadora do município da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

Juh, de 44 anos e Alexander de Souza Gomes, de 27, estavam em um bar no bairro Comary quando quatro homens encapuzados saíram de um carro preto e atiraram.

Ao lado da minha casa, meu Deus, foi muito tiro – contou uma testemunha.

 

– Ouvi os tiros aqui de casa, [foram] para mais de 30 tiros – disse outra.

 

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). A pré-candidata apoiava o também pré-candidato à prefeitura de Nova Iguaçu Clébio Lopes Jacaré (União Brasil), que publicou uma nota de pesar.

 

O secretário estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Dr. Deodalto (PL), postou uma homenagem a Juliana nas redes sociais. Em suas palavras, ela sempre foi “parceira, uma guerreira incansável que dedicou sua vida ao serviço da comunidade”.

 

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu. O velório está previsto para esta segunda-feira (17) às 15 horas, no Cemitério de Nova Iguaçu, e o sepultamento deverá ser às 17h.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.