Segunda, 18 de Outubro de 2021
79 99979-2283
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Audiência analisa projeto que permite venda de medicamentos em supermercados

Depositphotos Remédios para dor de cabeça e febre costumam ser vendidos sem receita A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deput...

14/10/2021 12h45
Por: a voz dos municípios Fonte: Agência Câmara de Notícias
Remédios para dor de cabeça e febre costumam ser vendidos sem receita - (Foto: Depositphotos)
Remédios para dor de cabeça e febre costumam ser vendidos sem receita - (Foto: Depositphotos)

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados discute na próxima segunda-feira (18) a proposta que autoriza supermercados e estabelecimentos similares a vender medicamentos que dispensam receita médica.

O Projeto de Lei 1774/19 foi apresentado pelo deputado Glaustin da Fokus (PSC-GO) e pretende facilitar o acesso da população a esses medicamentos.

O debate foi sugerido pela deputada Adriana Ventura (Novo-SP), que é a relatora da proposta.

Foram convidados para discutir o assunto com os parlamentares, entre outros:
- o presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter da Silva Jorge João;
- o presidente do Conselho Consultivo da Associação Brasileira da Indústria de Medicamentos Isentos de Prescrição, Jorge Raimundo;
- um representante do Ministério da Saúde;
- um representante da Agência de Visgilância Sanitária (Anvisa);
- um representante da Associação Brasileira de Supermercados (Abras); e
- um representante da  Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).

A reunião será realizada às 14h30, no plenário 7.

Os interessados poderão acompanhar o debate, ao vivo, pelo portal e-Democracia, inclusive, enviando perguntas, críticas e sugestões aos convidados.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.