Segunda, 12 de Abril de 2021
79 99979-2283
Anúncio
Saúde sergipe

Saúde alerta municípios para importância da notificação de adoecimento de trabalhadores por LER/Dort

A orientação decorre da inexistência em Sergipe de dados precisos sobre a incidência da Lesão por Esforço Repetitivo e de Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/Dort)​​​​​​​

26/02/2021 18h02
15
Por: Redação Fonte: ascom ASN
Saúde alerta municípios para importância da notificação de adoecimento de trabalhadores por LER/Dort

Neste 28 de fevereiro, Dia Mundial de Combate à LER/Dort, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência de Vigilância em Saúde do Trabalhador, reforça junto aos gestores municipais a importância da notificação no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) dos casos que afetam os trabalhadores, sejam públicos, da iniciativa privada ou autônomos. A orientação decorre da inexistência em Sergipe de dados precisos sobre a incidência da Lesão por Esforço Repetitivo e de Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/Dort).

Notificar no Sinan é responsabilidade dos municípios através dos profissionais de saúde que atuam na Atenção Primária e, de acordo com a fisioterapeuta da Gerência de Vigilância em Saúde do Trabalhador, Soraya Luíza Góis Souza Melo, além de médicos e enfermeiros, qualquer outro profissional de saúde que consiga relacionar a doença ao trabalho pode fazer a notificação. “Acredito que a causa da subnotificação está no desconhecimento do assunto e no fato de gestores e profissionais não visualizarem a importância da informação”, ponderou a fisioterapeuta.

Trabalhar a notificação da LER/Dort com os municípios é o grande desafio da gerência. “Se não temos o registro formal dos casos, não sabemos se ocorrem, onde ocorrem e com qual frequência acontecem. Sem esse conhecimento não podemos desenvolver qualquer ação preventiva”, explicou Soraya Melo, salientando que as categorias mais afetadas são bancário, trabalhadores dos correios e de indústrias, bem como dentistas, pelas posturas de trabalho e movimento repetitivo.

As lesões de maior incidência nos trabalhadores são tendinites, sinovites, bursites, que acometem, principalmente, os membros superiores e são causados por esforços repetitivos, excesso de peso e má postura no trabalho. “Muitas vezes o trabalhador sofre calado com aquela dor porque quando ele fala, às vezes, é mal interpretado. Se o empregador ou chefe melhora as condições do trabalho ele terá um profissional mais ativo, sem dor, feliz e mais produtivo”, considerou a fisioterapeuta.

Silenciar por medo de perder o emprego, por receio de ser mal visto pelo empregador ou colegas de trabalho pode acarretar em consequências mais sérias como adquirir transtornos mentais, segundo alerta Soraya Melo. Por isso ela aconselha o trabalhador a não se calar e procurar ajuda médica. Ela salienta que as empresas devem conhecer os riscos que impõem aos trabalhadores como também os meios adequados de preveni-los.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Barra dos Coqueiros - SE
Atualizado às 03h30 - Fonte: Climatempo
25°
Pancada de chuva

Mín. 23° Máx. 31°

25° Sensação
6 km/h Vento
83% Umidade do ar
80% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (13/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 31°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quarta (14/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio