Sexta, 05 de Março de 2021
79 99979-2283
Saúde saúde

Alergia de pelos de gato pode ser solucionada com vacina

Vacina denominada como Hypocat impede que o gato transmita o alérgeno

23/02/2021 03h11
21
Por: Redação Fonte: noticiasconcursos.com.br
Alergia de pelos de gato pode ser solucionada com vacina

Ter um animal de estimação, sem dúvidas, pode transformar a vida de qualquer indivíduo.

O contato com os pets pode aliviar desde quadros de estresse, ansiedade e até depressão, inclusive, o uso de bichinhos de estimação como companhias em terapias, como no tratamento de câncer, por exemplo, já vem sendo requisitado nos mais consagrados hospitais.

Apesar de todo bem estar que o convívio com animais de estimação pode trazer para o ser humano, muitas pessoas ainda apresentam certa resistência à presença dos pets, principalmente de gatos.

Isso porque o número de alérgicos aos pelos do bichano é mais recorrente, do que de cachorro, por exemplo. Estima-se que 10% da população mundial sofre com alergia de gatos.

Diante disto, mesmo gostando ou tendo vontade de ter um felino em casa, a condição da saúde fala mais alto, fazendo com que a pessoa busque outras alternativas de bichinhos de estimação.

Vacina contra alergia de pelos de gatos

photo-1501743029101-21a00d6a3fb9
Banco de Imagens: Unsplash

Em razão desta realizada, os cientistas desenvolveram uma alternativa, que pode solucionar de vez esse problema de alergia aos pelos de gatos.

Através de dados pré-clínicos, a companhia de biotecnologia da Universidade de Zurique, na Suíça divulgou o desenvolvimento de uma vacina para tratar de forma efetiva esta questão alérgica.

A vacina chamada de Hypocat é indicada para uso em gatos, a fim de que o animal não transmita mais o alérgeno.

De acordo com o estudo, a vacina estimula o desenvolvimento de anticorpos que neutralizam o alérgeno Fel d1, principal causador das alergias nos seres humanos.

Apesar de a eficiência ser constada após a pesquisa em 54 gatos, ainda há mais algumas etapas de testes e regulamentações para que o produto possa ser comercializado nas principais clínicas veterinárias e pet shops de todo o mundo.

Enquanto parte dos amantes dos felinos aguardam a liberação da vacina Hypocat, especialistas alertam para outras alternativas para quem, mesmo com alergia, ainda quer conviver em paz com os gatos.

Alternativas para alérgicos conviver com gatos

photo-1415369629372-26f2fe60c467
Banco de Imagens: Unsplash

Quem possui alergia a gatos costuma apresentar espirros, tosse, dor facial e inchaço na região dos olhos ao entrar em contato com o animal, entretanto, estes sintomas podem ser solucionados de forma bem prática.

O primeiro passo é buscar auxilio com um alergologista, que irá indicar um tratamento eficaz para amenizar os sintomas, inclusive, para o animal.

Também é possível conviver com os bichanos sem um contato tão intimo, basta limitar os locais que o animal frequenta, evitando por exemplo, que ele fique no sofá ou cama do alérgico.

A higienização do ambiente também pode ser estratégica para evitar as crises de alergia, assim como o banho e escovação recorrente do animal, visto que isso diminuirá a incidência de queda de pelos pela casa.

Outra alternativa é castrar o animal. Um estudo na publicado no The Journal of Allergy and Clinical Immunology destacou que gatos machos após serem submetidos ao processo de esterilização tiveram uma queda potencial da proteína que causa a reações alérgicas.

O mais importante é não se desfazer do animal, visto que o abando é considerado crime previsto pela Lei Federal nº 9.605/98. Além disso, a nova legislação da Lei Federal nº 14.064/20, aumentou a pena de detenção para até cinco anos para este tipo de crime.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.