WhatsApp Image 2020-08-07 at 09.11.11.jp

COMUNICADO
Comunicamos mais uma vez que as assessorias de candidatos enviem suas agendas destinadas a imprensa para esta coluna identificada no seu site oficial. Independe qual partido seja. Cumprimos o que determina a lei.

OS VICES/BARRA

A política na Barra está pegando fogo. Algumas agremiações já estão com seus quadros definidos para as convenções partidárias de setembro próximo. Acreditamos que todos farão dia 12 de setembro. Ninguém vai querer correr o risco de cometer erros e não dar tempo para corrigi-los. Os pré-candidatos Hebert do Cidadania já tem o seu vice. Alberto Macedo do MDB também. O partido do “ditocujo” não tem nada decidido. O DEM de Gilson ainda negocia o seu vice. Na última reunião do último dia 20 nada ficou definido e de certa forma foi um encontro nervoso, ânimos exaltados e nada de decisão. 

VEVÉ/BARRA

Defendemos em várias edições desta Coluna que Vevé deveria ser candidato a vereador e garantir sua participação na política com mandato. De prefeito seria impossível. Vice de uma chapa competitiva também impossível. Todas as pesquisas que analisamos detectamos todas as suas possibilidades. Para onde ele vai ainda não é público. Se sabemos quem é quem em peso político na cidade imagine ele que já está há mais tempo no ramo.

MARY/BARRA

A pré-candidata a vereadora de Barra dos Coqueiros pelo MDB, Mary Cardozo, levanta a bandeira de uma melhor educação e o bem-estar da população barracoqueirense. Mary é casada com o ex-vereador Gelvânio Teles (Vaninho), hoje Secretário de Transporte do Município. Mary é pedagoga atuou no Projovem e foi lá que conheceu a vulnerabilidade das famílias carentes e por elas irá trabalhar para melhorar a qualidade de vida dos menos favorecidos.

AÇAI DA BAIXINHA/BARRA

Nossos parabéns vão para empreendedora Aldemira Porto, do Açai da Baixinha que fica localizado na Rua do Farol no Bairro Atalaia Nova. Em tempo de pandemia comemorou em família.

CONCURSO/BARRA
Por conta da pandemia e risco de contaminações provocados por aglomerações, a empresa Cebraspe, realizadora do Concurso público da Barra dos Coqueiros decidiu transferir as provas que seriam realizadas no próximo domingo dia 30 para o dia 1 de novembro deste ano. A mudança foi amplamente divulgada e dúvidas sempre devem ser tiradas no edital que quase ninguém ler ou no site da empresa. Reforçando apenas a informação pelo fato de sempre aparecer menos informados perguntando.

GILSON DOS ANJOS/BARRA

Em vídeo distribuído nas redes sociais ontem à tarde (27), Gilson reafirma com a maior convicção que é pré-candidato a prefeito. Gilson chama a atenção também para o fato de não existir Inelegibilidade. No dia da eleição, 15 de novembro, Gilson estará limpo e livre de processos. Na oposição é o mais competitivo. 

PESQUISAS/BARRA
Novas rodadas de pesquisas deixaram cabeças fervendo. O comportamento dos gráficos alterou posições lá embaixo e sonhos estão perdidos. Ditadores sempre são punidos pelo povo.

POSIÇÃO / LARANJEIRAS

Em Laranjeiras quem mais está trabalhando na pré-campanha está crescendo mais. Quem começou primeiro começa a perder folego e pode até não acompanhar quem disparou.  Com a entrada de mais dois pré-candidatos na campanha os números sofrerão alterações todas as semanas até final de outubro.  Os dois primeiros lugares continuarão entre os dois de sempre que comandam as posições há mais de ano. O terceiro lugar foi ocupado por quem estava no quarto. Quinto e sexto, sem alterações. A grande novidade foi o distanciamento do primeiro para o segundo. 

POSIÇÃO II / LARANJEIRAS
Supúnhamos que a eleição ficasse polarizada e se as eleições fossem hoje, o vencedor colocaria 3,6 mil votos de diferença.  Mas se os terceiro e quarto lugares crescerem no decorrer da campanha, lógico que tudo muda. Cabe agora a quem disparou manter o ritmo e sua militância ter vontade de vencer a eleição. Até o momento carrega o fardo e o crédito do trabalho do seu crescimento a si mesmo. Tem uma militância parada e permanentemente na zona de conforto. Não brigam pela vitória, apenas pelos cargos. Com exceção de meia dúzia. 

POSIÇÃO III/ LARANJEIRAS
Militância virada na gota serena é a de Paulão. Essa briga e vai correr atrás do prejuízo se Paulão ajudar. Como? Melhorando a imagem da administração. Falamos na edição passada desta coluna que ele entra na briga com seis candidaturas, mas tem que crescer nos serviços à população e tem pouco tempo para mostrar que vai melhorar. Se em 30 de setembro estiver tudo na mesma, desista. Já a Boa Sorte também tem soldados bons de marchas e partem pra cima. Tem discurso fragilizado porque não tem o que mostrar, mas uma militância fiel que ajuda muito. O prefeito eleito em 15 de novembro terá pouco mais de 6 mil votos. 

ENCONTRO CULTURAL/LARANJEIRAS
Em janeiro de 2021 não haverá a versão do Encontro Cultural de Laranjeiras. A pandemia é uma das razões, mas na verdade caso não existisse pandemia não haveria de forma alguma e o motivo seria a falta de dinheiro. A classe política tem que se unir para que junto ao Ministério Público Estadual, Federal e Tribunal de Contas do Estado para o prefeito de Laranjeiras assine um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) para não deixar nenhum salário em atraso para a gestão seguinte.  Essa providencia tem que ser tomada urgente. Não pode relaxar e deixar para dezembro. O TAG tem que ser provocado para valer a partir de setembro próximo. Com penalidades severas no descumprimento. 

PEPA/LARANJEIRAS

O irmão de Juca, o empresário Emannuel Leite – o Pepa de Bala tem se empenhado diariamente para que o pré-candidato, seu irmão, seja o vitorioso nas eleições de novembro deste ano. Pepa tem facilidade e sem fazer sacrifício para conviver com o povo. Tem serviços prestados a cidade, nas suas obras sociais é super tranquilo, nunca polemiza e tem futuro político. Juca quer ser prefeito só mais uma vez para recuperar a cidade e fazer o plano de cargos e salário do servidor e pendurará as chuteiras para o executivo. Continuará na política sim, mas como deputado no futuro para poder se dedicar também a inciativa privada, onde é empresário de sucesso. Essa ganância pelo poder, de ser prefeito como meio de vida ele não tem. Para quem não sabe, prefeito não pode dirigir empresa, mesmo sendo o proprietário. 

NOGUEIRA/LARANJEIRAS

O artista plástico Nogueira é pré-candidato a vereador pelo PDT pertencente ao agrupamento que apoia Zé Bodega. Nogueira pretende desenvolver um trabalho voltado para o fortalecimento da cultura local e apoio aos artistas plásticos e artesãos. Sugiro ao amigo Nogueira incluir também a Casa do Artista. Um sonho antigo deste jornalista que relaxa fazendo esculturas. Sucesso na caminhada.

ANA GLEYSSE/LARANJEIRAS

Ana Gleysse, conhecida por Dayana da Salinas, foi catadora de materiais recicláveis por muito tempo e acredita que a vida na política ajudará a colocar em prática ações que minimizem a poluição ambiental através de hábitos da reciclagem. Hoje também é estudante no curso de técnica em enfermagem e disputará a eleição como pré-candidata a vereadora pelo MDB.

BERG/RIACHUELO

O vereador Berg Hipólito há tempo vem lutando para que a população de Riachuelo tenha água de qualidade nas torneiras.
A água é um bem fundamental para as nossas vidas. Berg vem trabalhando incansavelmente para que a Deso forneça água de qualidade e sem interrupções às casas de Riachuelo. Afinal, a água não vem, mas a conta sempre chega. Disse o vereador: “Fizemos visitas a presidência da companhia de abastecimento de água e pedimos melhorias. Os riachuelenses merecem esses benefícios e pagam caro para isso”. 

AFERIÇÃO / RIACHUELO

Com a flexibilização do comércio local, a Prefeitura de Riachuelo montou um ponto de higienização e aferição da temperatura corporal para o combate e controle da COVID-19, na praça Coronel Antônio Franco, aonde fica o maior fluxo comercial.
Além do atendimento no ponto fixo, os agentes de vigilância da Prefeitura se deslocam também para os estabelecimentos comerciais.

DADAU/SANTO AMARO

O jornalista Anderson Cristian na sua coluna Bastidores do jornal Correio de Sergipe foi muito feliz quando ilustrou o trivial do prefeito Dadau. Falou da sua origem simples e o seu afastamento do meio, do povo e da cidade. O escriba filosofa e ensina os meios para que ele recupere sua imagem de homem simples e volte para seu reduto. 
O prefeito, segundo o colunista, até andou carregando meio-fio no lombo em uma obra contratada pela prefeitura. Interessante seria, também, que Dadau fosse capinar o matagal que toma conta de toda Santo Amaro. O jornalista também questiona se essa inovação de Dadau dará tempo para ele recuperar sua popularidade até a eleição, considerando que ele é candidato a reeleição. Esta coluna afirma que não dará tempo. Dadau tem a maior rejeição entre todos os outros prefeitos de Sergipe. A administração é muito mal avaliada.

Colunas Anteriores

Coluna de 21 de Agosto 2020

Coluna de 14 de Agosto 2020

Coluna de 07 de Agosto 2020

Coluna de 31 de Julho 2020

Coluna de 24 de Julho 2020

Coluna de 17 de Julho 2020

Coluna de 10 de Julho 2020

Coluna de 03 de Julho 2020

Coluna de 26 de Junho 2020

Coluna de 10 de Junho 2020

Coluna de 05 de Junho 2020

Coluna de 29 de maio 2020

Coluna de 16 de maio 2020

Coluna de 08 de maio 2020

Coluna de 30 de Abril 2020

Coluna de 23 de Abril 2020

Coluna de 11 de Abril 2020

Colunas de Janeiro a 4 de Abril

Colunas de 2019

instagram-icone-icon-1.png
Whatsapp-Imagens-Png-zg9Ts7.png
logo-facebook-transparente2.png

A VOZ DOS MUNICÍPIOS